Veritas odium porit...

.

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Para começar 2011...

Paz & Saúde!

Para terminar 2010...

Finalizando 2010 ao som da minha música preferida do Legião Urbana


Desejo que 2011 seja um ano marcante (no bom sentido) na vida de todos.
Espero que você ao fazer seus votos para o novo ano, não esqueça também de pedir por aqueles que estão numa situação muito diícil (doentes graves, miseráveis, deprimidos...) e não tem ninguem que possa acalentá-los...

Lembre-se: mais importante do que virar mais um ano, é amanhecer a cada dia com saúde para seguir adiante.

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

domingo, 19 de dezembro de 2010

Ataque de cafonice! hahahaha!!

Hoje eu vi em um programa de tv, "Me chama que eu vou" do Sidney Magal, daí relembrar é viver:


Me chama que eu vou - Sidney Magal


Tieta - Luiz Caldas


Macarena - Los Del Rio


Lambada - Kaoma

Adoção


Eu e o Alexandre queremos muito aumentar a nossa família de 2 para pelo menos 3, mas infelizmente não tem sido possível fazer isso pelo modo natural e convencional.
O tempo passa e não vai parar para que eu e o Alexandre tenhamos o nosso baby, e como não quero ser mãe de filho temporão e nem o Ale quer ser "pai-avô", achamos por bem resolver 2 problemas de uma vez só: termos um filho e um filho ter pais. Isso se resume em uma palavra: adoção.
Lá fomos nós pesquisar sobre o assunto e decobrimos coisas interessantes a esse respeito.
Dentre as coisas que descobrimos:
1 - Existem mais de um tipo de procedimeno para adoção, mas nenhum deles é simples e tampouco rápido;
2 - Existe uma fila imensa de adotantes e uma outra maior ainda de crianças para adoção, o problema é que a maioria esmagadora de adotantes deseja uma criança em média com 1 ano de idade, branca (loira é a preferência estatística), sadia e do sexo feminino, o que dificulta muito o processo de adoção, visto que o perfil da maiora das crianças é completamente oposto a esse.

Não julgo muito o pais adotivos pela escolha tão limitada do tipo de criança a ser adotada, até mesmo s motivos para tal fato são bastante consideráveis:
1 - Criança de pouca idade: é cientificamente comprovado que crianças que ficam por muito tempo em abrigos tem atraso no desenvolvimento cognitivo e dificuldade severas de ter relações afetivas, e tais problemas são irreversíveis. Outro motivo para a escolha de crianças bem pequenas, é o fato de que as crianças precisam ser estimuladas em termos de desenvolvimento cognitivo até os 3 anos de idade, pois após isso, a criança tende a ter dificuldades no aprendizado pelo resto da vida. Além disso, muitos pais adotivos tem a pretensão de criar a criança como se ela nunca tivesse sido adotada, daí a pouca idade ajuda.

2 - Criança branca: não vejo nenhuma razão coerente ou que não me pareça preconceituosa para tal escolha, mas os pais adotivos, alegam querer crianças que tenham maior semelhança física com eles.

3 - Criança sadia: não vejo resposta para isso.

4 - Criança do sexo feminino: geralmente esta é uma opção ligada muito a conceitos socias e ao sonho de ter uma linda filhinha. Pois como se sabe, é um conceito presente em nossa sociedade, que as meninas são mais próximas de suas famílias, daí surge tal preferência.


Eu adoraria ter o meu filho biológico, mas como isso não tem sido possivel, ficarei muito feliz em ter o meu filho do coração, seja ele como for.

Atualizando...



Começando de onde eu parei:

1) Curso de Defesa Pessoal
Felizmente, terminei o curso e na segunda etapa, aprendi a desarmar pessoas que venham a me atacar com faca, pedaço de pau ou arma de fogo. Por incrível que pareça é mais fácil desramar uma pessoa com arma de fogo do que uma pessoa com uma faca! É óbvio que no caso de uma ameaça com o emprego de uma arma (seja qual for), tente primeiramente fugir, se não der, tente se defender.

2) Pollyana
Passei um tempo sem postar aqui, pois andeio meio triste com a morte da Popó - Pollyana. A finada, era uma cachorra de 12 anos que o meu marido tinha. Ela era um docinho, um dos bichinhos mais bonzinhos que já conheci. Fiquei muito triste com a sua morte, não só pelo fato de sua partida, mas tambem, pq acompanhei de perto os últimos minutos de vida dessa anjinho... Isso doeu demais.

3) 01/12/2010
Nesse meio tempo que nada postei, eu fiz 25 anos! Para mim pouca coisa mudou (apenas o fato de q alguns dermatologistas começaram a indicar cremes ante-sinais - rsrsrsrs). Infelizmente nao alcancei  70% do objetivos que eu tinha para quando tivesse 25 anos, o que e consola é que uma parte disso não dependeu de mim... Partindo dessa auto-análise, observei que o que estava errado não era  fato de não "chegar lá", mas aonde eu queria chegar de fato. Daí, resolvi me "reinventar" e agora tenho novas metas, mais sólidas e mais reais. Mas com esses 25 anos de vida aprendi uma coisa: nunca divulgue seus projetos a ninguem antes que eles aconteçam, do contrário eles não se realizarão. Mudando de assunto sem mudar de tema, no dia do meu niver, meu marido e sua família fomos jantar fora. Foi mto legal, mas mesmo com todo o carinho deles não consigo ficar 100% alegre no "meu dia" , pois ainda sinto mta falta da minha mãe e dos meus avós.

4) Jiu-Jitsu
Continuo treinando. Só que agora com mais afinco e garra, pois (se Deus quiser) vou mudar de faixa no próximo exame.

5) Festinha do Jiu-Jitsu
Um dos fatos mais alegres desses últimos dias, foi uma festinha de confraternização que aconteceu no dia 11/12/2010, em um espaço bem legal, com direito a piscina, churrasco (não comi - rs) e quadra de futebol. Foi um dia mto legal, ceracdo de amigos e muita diversão!

6) Hoje...
Estou na expectativa da chegada do Natal! :)

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Filmes antigos e muita diversão!

Ontem eu não consiguia dormir de jeit nenhum, daí fiquei assistindo tv esparramada no sofá da sala, na busca por algo "legal" que passasse na madruga na tv, acabei achando o filme "Viva! A babá morreu!". Acho que faz uns 10 anos que não vejo esse filme, que era passado quase todo mês na Sessão da Tarde (Tv Globo), mas um belo dia nunca mais apareceu, daí foi jogado para a madruga (para minha sorte).
Este filme me trouxe um pouco de nostalgia em relação a alguns filmes que assisti na tv em minha infância e acredito que pouquíssimos filmes de 2000 para cá tenham me divertido tanto quanto aqueles.
Mesmo sem grandes tecnologias em suas produções e tampouco com a qualidade digital e 3d que 90% dos filmes atuais possuem, não troco tais longas por muitos filmes blockbusters de hoje!
As histórias eram simples, na sua maioria eram de aventura e fantasia, ou apenas uma comédia bem boba mas mto engraçada, que simplesmente não te deixavam pegar no sono e te divertiam por mais de 90 minutos a fio.
É óbvio que estou falando dos filmes de censura livre, pois se eu fosse falar de todos os filmes que me agradam das décadas de 80 e 90 este post seria muito maior, e como eu tenho andado com preguiça de escrever... Enfim!
Segue abaixo alguns dos cartazes dos filmes que adorei (não todos, apenas de alguns que eu lembro):






SE VOCÊ AINDA NÃO ASSISTIU A NENHUM DESSES FILMES, VEJA! VOCÊ NÃO SE ARREPENDERÁ! :)

domingo, 14 de novembro de 2010

Toro Jubilo - o homem é capaz de coisas horríveis...

Eu estou passando mal! Muito, muito mal!
Acho que escrever pode melhorar o meu mal estar, por isso cá estou.
Acredito que só não demaiei pq sou forte demais para desmaiar por ter visto (e ouvido) imagens fortes!
Entrei na internet pensando em me distrair um pouco e postar algo sobre o último dia do seminário de Defesa Pessoal, mas fui tolida a tomar um outro rumo...
Entrei no Facebook, e comecei a ler o feeds dos meus amigos, em busca de novidades e notícias do mundo, afinal entre os meus amigos do FB há gente dos 4 cantos do planeta.
Até que me deparei com um post de uma amigo meu chamado Markus Heinz, um alemão que adora animais e sempre está em busca de defendê-los.
Nos posto do Markus havia um protesto pelo "fin del festejo del Toro Jubilo", pela foto do post, percebi logo que e tratava de uma "denúncia" de maus-tratos a animais. E para a minha profunda infelicidade eu estava certa.
Acessei o link que estava anexado ao post e fui remetida a um site que contava toda a barbarie que é o Toro Jubilo, como o texto era grande e estava todo em Espanhol, resolvi "cortar caminho" e decidi assitir aos dois videos anexados ao site, afinal uma imagem fala mais do que mil palavras...
Eu nunca, nunca, nunca, nunca deveria ter visto aquele video (só consegui ver o primeiro e mesmo assim não terminei)!
O Toro Jubilo é uma "festa" tradicional na Espanha, mais precisamente na cidade de Soria, "festa" muito parecida com a "farra do boi", só que muito pior. No Toro Jubilo, o touro é espancado escaldado por uma multidão enquanto foge, até que é cercado em uma espécie de arena (que lembra muito uma praça inquisitorial) na qual o pobre animal, já  muito cansado e bastante enfraquecido devido a toda tortura, é preso pelos chifres em um poste... Até aí "tudo bem", viva a estúpida tradição de um bando de gente estúpida, mas o pior ainda estava por vir... Depois que eles amarram o touro eles ateiam fogo nos chifres do animal e o deixam queimar vivo até a morte!!
O video é a coisa mais tétrica que os meus olhos já viram!
O touro enquanto é coagido até a sua arena mortal, grita - isso mesmo: GRITA - como uma pessoa apavorada sabendo que algo extremamente horrível está para lhe acontecer.
Quando fogo é ateado em seus chifres o animal grita cada vez mais desesperadamente, o grito já não é apenas de medo, mas sim de dor e tristeza!!
Ele grita por socorro, consegue se libertar, e corre por todos os lados daquela terrível arena, a procura de "socorro", ajuda esta que não lhe é dada...
É possível ver nos olhos daquele imponente e inocente animal toda dor que corrói sua carne e seu ser.
Tenho ctza de que ele aquele pobre animal deve ter "se pergutado" o porquê de estar acontecendo isso com ele!
Eu me pergunto nessas horas, "pq isso?".
Depois disso, acho que nunca mais conseguirei comer carne, muito menos churrasco.
Não consigo tirar aquelas imagens e aqueles gritos de minha mente e mto menos do meu coração.
Eu queria mto poder impedir que isso acontecesse novamente no mundo! Mas me frustro com a realidade de que mal consigo salvar a vida de animais vítimas da ação "humana" perto da minha casa ou do meu convívio.
Me sinto enojada pelos atos desses "seres humanos" e arrasada por não ter como impedir coisas assim.
Nada ao meu ver justifica que uma coisa dessas seja feita. Nada!
Queria mto que a humanidade aprendesse que toda forma de vida merece ser respeitada, e q nenhuma vida animal merece perecer por futilidades, tradições ou crenças trevosas e absurdas.
Segue abaixo uma imagem para você nunca esquecer o que leu, e entender tudo que eu estou sentindo agora.



                      OLHE NOS OLHOS DESSE ANIMAL E COMA UM HAMBURGUER...

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Mordida, Raiva e medo

Pois é... Fui "traída" por uma das coisas que eu mais gosto: um gatinho...

No último domingo (07/11/10), ao visitar a casa da avó do meu marido, fui mordida pelo seu gato de estimação.

Eu fui brincar com o bichano (como sempre faço qdo vou lá), mas dessa vez ele estava mais agressivo do que de costume, e absolutamente do nada ele pulou na minha perna e cravou seus caninos na minha panturrilha direita.

Até então eu não dai importância a isso, pois já levei outras mordidas e arranhões antes, só que dessa vez a mordida foi mto profunda, provocando duas hematomas no local da mordida.

Para piorar a minha situação, este ano o Ministério da Saúde promoveu uma vacinação pública e gratuita para os animais com índices altíssimos de letalidade entre os animais que receberão tal vacina, desse modo, a avó do meu marido acabou não levando seu gato para receber a vacinação gratuita (visto que a mortalidade entre os gatos foi maior).

A avó do meu marido não deu a vacina pública gratuita e também não deu a vacina particular dada em vetrinário (com fórmula diferente a da vacina do governo), sendo que faz mais de 1 ano que o animal tomou uma dose de tal remédio!

Então, a avó do meu marido e o meu sogro "acham" que a vacina ainda está valendo.

Torço mto para que eles estejam certos, pois o gato que me mordeu costuma ficar vagando na rua e sempre briga com outros gatos.

Eu andei pesquisando sobre o assunto e descobri coisas boas e ruins...

BOAS:
1. a vacina contra raiva "costuma" durar até 3 anos, segundo alguns sites sobre o assunto (resta saber se o gato foi vacinado mesmo no ano passado);
2. o animal suspeito tem que ficar em observação por pelo menos 10 dias, para verificar se ele é ou não portador do vírus da raiva;
3. 5 pessoas no mundo conseguiram sobreviver à Raiva (todas com seqüelas graves).

RUINS:
1. Somente 5 pessoas até hj sobreviveram à Raiva, sendo que a cada 10  minutos 1 pessoa morre de Raiva no mundo!
2. Não tem cura! Se vc sobreviver nunca mais será normal, podendo ficar cego, paralítico ou com retardo mental.
3. Você pode estar contaminado com Raiva e sem saber por uns 50 dias e do nada vc cai doente (daí é o começo do fim).
4. Não existe nada que possa amenizar as dores que vc pode sentir e tampouco poderá ter contato com as pessoas queridas nos seus últimos momentos (afinal vc vai se tornar um ser bestial e extremamente perigoso).
5. Até que os principais sintomas eclodam, vc não sentirá nada, ou seja, vc será pego de surpresa pela morte lenta e dolorosa.
6...

Enfim, gente! Tô com medo de estar doente... Pois este certamente será o meu fim caso ocorra...

Não consigo nem dormir direito pensando nisso...

Não consigo me animar com nada, nem com os meus queridos desenhos, nem com o meu querido Jiu-Jitsu...

domingo, 7 de novembro de 2010

Curso de Defesa Pessoal - 1º dia

Hoje eu participei do primeiro módulo de um curso de Defesa Pessoal a qual estou participando.

Aprendi várias técnicas simples e muito eficientes sobre Defesa Pessoal que se aplicam tanto a situações do
dia a dia quanto a prática do Jiu-Jitsu.

Releva salientar, por oportuno, que a natureza do Jiu-Jitsu quanto Arte Marcial tem como base em sua origem a defesa pessoal ou a defesa impessoal.

A defesa pessoal serve para garantir a sua própria integridade física em uma situação de risco eminente, e a defesa impessoal é quando você garante a integridade física de terceiros (algum amigo, parente ou pessoa querida que esteja sendo ameaçada ou esteja em perigo).

Dentre as coisas importantes que aprendi, estão dicas de como se "comportar" na rua , de modo a garantir sua segurança e previnir possíveis situações de riscos, tais como:

1. Mantenha uma distância de segurança de pelo menos 30m. Claro, isso só deverá ser feito quando possível, um exemplo, é quando você estiver andando sozinha em rua deserta, é bom manter a distância de pessoas que estiverem na rua que você não conheça, pois pode sse tratar de um assaltante, maníaco, estuproador ou qualquer coisa do gênero.

2. Ao andar pela calçada, sempre que possível se mantenha no meio da mesma, evitando estar colado na parede (pois vc pode ser arrastada para dentro de algum lugar, abordada por alguem que esteja escondido em muro ou beco, ou ainda pode ser prensada na parede por algum marginal), e também evitando andar junto ao meio-fio, pois é comum assaltantes abordarem a sua vítima de carro, moto, ou bicicleta.

3. Sempre que for possível, procure andar contra o fluxo de veículos da rua, justamente para evitar que caso um marginal faça uma abordagem não tenha como (ou encontre dificuldade) te perseguir de carro ou outro veículo motor.

4. Uma dica importante, principalmente para as mulheres, é quando você carregar alguma bolsa exite deixa-la do lado que for virado para a rua, por exmplo: se você está com o seu braço direito virado para a rua, coloque a sua bolsa do lado esquerdo, pois isso inibirá que marginais ao passarem de bicicleta arranquem por meio de um puxão a sua bolsa, fazendo com que você se machuque ao levar uma possível queda.

5. Ao parar na rua para conversar com alguem, procure ficar com as costas resguardadas (viradas para um muro, por exemplo), de modo que você tenha um campo de visão periférica livre (aproximadamente 180º).

Além das dicas sobre comportamento em público, também tive dicas de defesa em embate corpo a corpo, dentre elas ataques a pontos de pressão sensíveis espalhados pelo corpo, ao todo são mais de 400 pontos de pressão, mas no curso aprendemos apenas 5, sendo localizados 1 no esterno, 1 na clavícula, 1 no maxila inferior, 1 atrá da orelha e 1 na região do buço. Queria muito ter algumas figuras ilustrativas que me possibilitassem ensiná-la aqui, mas vou providenciar algum pode de poder explicar como aplicar os ponto de pressão e o postarei aqui.

Também foi ensinado hoje no curso, técnicas de queda similares ao do Jiu-Jitsu e ao Judô mas com a diferença de que ao invés de bater a mão no chão para amortecer a queda, procura-se manter os braços dobrados e junto a corpo, tanto para uma defesa de um possivel ataque no solo, quanto para proteger os braços ao cair no chão.

Quanto as técnicas de rolamento, estas são praticamente identicas as do Jiu-Jitsu, o que varia é a forma de se levantar, que usa a técnica e postura da Capoeira.

Sobre a defesa de estrangulamentos, chaves ou imobilizações em pé, foram passadas várias técnicas novas e outras já conhecidas dos treinos de Jiu-Jitsu; como não tenho como descrever todos os movimentos devido a enorme gama de detalhes, eis abaixo um vídeo (não didático) com a demonstração de varios golpes utilizados:

Semana que vem tem mais!

sábado, 6 de novembro de 2010

Do fundo do baú



Estava eu assistindo um programa de auditório de sábado a tarde, e eis que ouvi uma música que tocava muito nas rádios no início dos anos 90 e final dos anos 80.
Me lembrou muito a época em que os meus pais eram casados e ficavam até tarde ouvindo música (nada de tv)...
Espero que goste..

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

domingo, 31 de outubro de 2010

Conversa afiada - Mu e Má


Hoje, após um post meu no Facebook, surgiu o diálogo interessante entre e a minha melhor amiga (virtual e muito real) Má (Magda Montes - vide blog Rotina http://porainarotina.blogspot.com/), deu origem á um papo interessante, que vai da indignação com a política Tupiniquim até o preconceito que entre brasileiro contra brasileiro.

Segue abaixo:

(comentário logo após saber quem é o novo presidente do Brasil)
Munique Castro  Estamos fodid....!



Ma Montes o melhor de tudo, é ver um povo comemorando por essa foda coletiva...

Munique Castro O lema do povo deveria ser "sou brasileiro e não dou dentro nunca"

Ma Montes Brasil, terra do Samba, do futebol e da orgia politica! Essa semana falei que o povo sabe se divertir muito e acaba externando isso pro lado da politica. O voto deve ser facultativo.

Munique Castro O voto devia ser facultativo e deveria haver critérios mais "severos" quanto a quem pode votar (adolescentes, analfabetos, e outros inimputáveis) e mais ainda sobre quem pode ser candidato (ter uma escolaridade mínima, histórico de vida digno...). Porra! Pra vc conseguir um emprego de recepcionista em uma empresa tem mais exigência nos requisitos do que para qualquer candidato a um cargo político público! Pense nisso...

Ma Montes Com certeza, e esse ficha limpa parece q foi para passar um corretivo nas fichas de alguns elegiveis, como por exemplo a propria presidenta, que sequestrou, roubou e agora foi eleita por uma maioria .. tenho vergonha. pra q fui estudar tanto na minha vida.

Munique Castro Meu avô (militar da época da ditadura) dizia que a Democracia é para os sérios... Dessa forma não acredito que o brasileiro esteja apto a tanta liberdade, pois pior do que estar preso é estar livre e estar completamente perdido. Quero deixar claro que não sou a favor da Ditadura, mas acho que o nosso povo deveria levar mais a sério os assuntos que dizem respeito a vida de todos.

Ma Montes concordo plenamente.. basta o povo parar de se humilhar e se vender por pão e circo.

Munique Castro Se houvesse o mínimo de consciência, Tiririca jamais seria o deputado mais votado de todos os tempos, quiçá poderia ser candidato. Cara vc acha que permitir que um cara como o Tiririca seja candidato é realmente algo democrático? Acho que não...

Ma Montes Pois é.. e agora a população do sul ta culpando o nordeste pela dilma ser eleita.. uma pena essa genenralização.

Munique Castro Infelizmente eles fizeram isso por causa do "papai da presidentAA" que é do nordeste daí eles estão associando uma coisa a outra. É um pensamente idiota, pois a presidentA teve vitória em 2 dos 3 estados do Sul no 1º turno...

Ma Montes isso é facil de ser esquecido, já q nós nordestinos temos fama de sermos burros.. e atrasados.

Munique Castro Credo! Quem vê o nordestino dessa forma é limitado e preconceituoso!

Ma Montes é oq mais existe.

Munique Castro Eu sei...

Munique Castro Vc vai achar que é sacanagem, mas os cariocas tb são mto sacaneados, para os outros estados aqui só tem: favelado, bandido, vagabundos e putas!

Ma Montes sempre tem um idiota acefalo pagando de melhorzinho nessa historia

Munique Castro Morram! hahahahahahaha!!!

Ma Montes ahuauhauhahuuaahu

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Pets e fotos

Hoje eu resolvi tirar umas fotos dos meus bebês e muitas delas ficaram ótimas! Vou colocar abaixo as 3 melhores.



sábado, 23 de outubro de 2010

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Maru - Fofura felina

Baixaria e eleições...

É tanta baixaria e troca de acusações mútuas, que os candidatos a presidência do Brasil no 2º turno, simplesmente estão deixando de lado o principal: a apresentação de propostas e planos de governo que possam ser eficientes.
Chega a ser irritante assistir a tv, pois não há um unico intervalo que não aparece ambos os candidatos se atacando!
A coisa está tão para o lado pessoal dos candidatos e os ataques estão tão baixos que dá vontade de votar nulo!
Mas votar nulo é deixar que o mais baixo deles vença...

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Para quem acha que eu gosto só de rock... rsrsrsrs

Dust in the wind - KANSAS

As cores do mundo

Eu como desenhista amadora e amante de artes plásticas que sou tenho profunda relação com as cores.
Costumo dizer que para todo sentimento há uma cor.
Um exemplo disso sou eu mesma! rs!
Sempre fui uma pessoa amante das cores fortes e alegres como o fuchsia, o turquesa, o vermelho... E procurava agregar esses tons a  minha vida, tanto nas minhas pinturas quanto nos meu objetos pessoais...
Até a morte da minha mãe eu enxergava todas as cores do mundo de uma forma alegre, mas quando a minha mãe morreu o mundo simplesmente ficou completamente em branco como um papel que nunca foi riscado.
Um branco vazio, completamente ausente de qualquer cor... Nos primeiros 3 dias após a sua morte eu não sentia nada parecia que eu estava mergulhada em um imenso vazio dentro de mim mesma.
Passado os 3 dias, meu mundo se tingiu de preto, cinza e vermelho. Três cores que representam respectivamente para mim o coração partido, o desânimo e a revolta...
Até então estava tudo "bem", pois é melhor ter cores tristes e fortes do que ficar em completo alvor vazio.
Preocupante mesmo, foi quando o preto, o cinza e o vermelho, deram lugar a um azul profundo...
Um azul profundamente triste, na qual eu mergulhara e não pretendia emergir dele...
O azul tomou conta de mim, e deste tom passei a enxergar tudo a minha volta (tenho inclusive um quadro que expressa isso)..
Parecia que tudo sempre havia sido naquele tom e que nada mais faria diferença e tampouco outra cor me importaria novamente.
Bani da minha vida o rosa, o amarelo, o laranja... Tudo era azul! O mundo tinha apenas uma única e triste cor...
Até que em um certo momento um ser muito especial (meu marido) me mostrou o verde.
O verde da esperança!
Como na mistura de uma aquarela o azul contaminou-se com o verde, dando origem a novas matizes...
Meu mundo passou a ter cores diferentes novamente...
Ele me devolveu todos os tons que eu tanto amava e eu havia esquecido... ou abandonado...
Com ele enxerguei novamente o rosa-chá do carinho, o amarelo da inteligência, o azul-bebê do sono, o fuchsia da alegria...
Espero sinceramente, nunca mais mergulhar no azul profundo a qual quase me afoguei...



quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Pra rir mais um pouquinho! :D hehehe!























Pra rir :D

Amizades...

Eu sempre me questionei, o pq de não ter galeras de amigos e ser como tantos conhecidos meus que tem legiões de amigos que estão sempre presentes nos momento mais legais.

Certas vezes eu acreditava que isso se devia ao fato de eu ser uma pessoa meio "seletiva" para a escolha de "amigos do peito", outras vezes acredito que não sei ser uma boa amiga, mas há momentos em que acho que não sou carismática o suficiente para cativar amigos de longa data.

Para responder a este auto-questionamento, eu resolvi seguir a seguinte linha de raciocínio:

1º) Bom amigo
Acredito (hoje) de verdade, que um bom amigo não é aquele que vive grudado em você, um bom amigo é aquele que você pode contar a qualquer momento da sua vida, mesmo que você passe anos sem ver seu amigo, você seja capaz de dar apoio ou ajudá-lo no momento em que ele necessitar. Eu aprendi isso com uma amiga minha de 2º Grau (antigo Ensino Médio), eu passei quase meia década sem vê-la, mas quando a minha mãe morreu, ela simplesmente largou tudo o que estava fazendo e veio ao meu encontro junto com sua família para me amparar no momento mais doloroso da minha vida (o nome desse anjo é Priscila). Então foi nesta situação que percebi que amigos que eu mantinha pouco contato e não vi há muito tempo foram mais maravilhosos do que "amigos" que eu via diariamente...

2º) Galera x Amizade
Muitas vezes eu vejo gente cercada de amigos em baladas, em fotos de férias, em viagens, mas não demora muito vejo essas mesmas pessoas procurando psicólogos e psiquiátras para tratar-se de depressão. Deste forma, vejo que estar cercada de gente não é garantia de estar cercada de amigos, e que muitas vezes a melhor companhia se resume em uma ou duas pessoas apenas, mas são pessoas que você pode confiar seus sentimentos e seus pensamentos. Vale lembrar tambem que muita gente que se diz sua amiga não passa de uma colega e dependendo da ocasião é um mero conhecido.

3º) Amigos tem que ser iguais?
Não! Na verdade ter gostos parecidos é legal, mas iguais acho difícil... Nem gêmeos são iguais! rs! As poucas pessoas que considero como amigas e eu temos muita afinidade, mas pouca coisa em comum.

4º) Amigo Urso (hehehe)
Quem me conhece vai achar parcial demais este post aqui! hehehehe!! Eu amo animais e acredito que tê-los como nossos amiguinhos é importante, mas não devemos abrir mão da companhia humana também. Nossos amigos peludos (os bichinhos) são extremamente fiéis e muitas vezes podem ser a nossa única companhia, e devemos ser recíproco a isso. Digo isto, pq em determinados momentos da minha vida, quando eu quis chorar e desejei até mesmo morrer, procurei desesperadamente por alguem, meus filhinhos peludos foram os meus maiores amigos, e confesso que já deixei de faser uma grande bobagem contra a minha própria vida, pq instantes antes eu me perguntei "quem cuidaria deles?" e "eles não merecem o abandono", daí a vida deles se tornou algo tão importante que acabei salvando a minha vida por eles, isso tudo graças ao grande amor, carinho e amizade que temos entre nós.

5º) Confiando seus segredos, desejos e pensamentos.
 Acho que o "macete" para uma amizade durar, é não confiar seus segredos mais intimos, mas saber compartilhar aquilo que não lhe for causar algum problema ou super exposição.

6º) Brigando...
Como em toda relação humana, os conflitos não deixam de existir. Considero ate bom ter uma "briguinha" às vezes, justamente para rever valores, conceitos e posições, reciclar opniões e colocar em "pratos limpos" aquelas "coisitas" que ficaram pendentes. O importante mesmo é saber pedir desculpas depois e saber perdoar também, além de não guardar mágoas e medir o que for falar (certas coisas nunca devem ser ditas a ninguem).

Bom, isso é tudo, é assim que vejo a amizade e procuro mantê-las, espero que isto sirva de ajuda para alguém...

Ah! rs! Antes de finalizar vou postar aqui a foto de 4 grandes "amigos" meus! Da esquerda para a direita: Tina, Bono e Alexandre com o Floyd bebê no colo.

A melhor amiga que eu já tive:
Minha mãe... Saudades!

domingo, 3 de outubro de 2010

ELEIÇÕES 2010

Hoje, um dia nublado, meio frio e bastante chuvoso, fui obrigada a sair do conforto do meu lar, para dar cumprimento ao meu papel de cidadã: ir votar!

Bom, eu de fato me sentiria cumpridora de uma papel como cidadã consciente da sociedade, se eu tivesse ido votar por livre espontânea vontade, e não por ser coagida a tal (caso eu não fosse teria que prestar esclarecimentos a Justiça Eleitoral e possivelmente pagar uma multa pecuniária).

Não vou entrar no mérito da "votação obrigatória X democracia", pois é assunto muito polêmico, eu tenho a minha opinião convicta e não tô afim de ficar confabulando acerca de algo a qual já tenho opinião formada...

Pela primeira vez, eu decidi tomar uma atitude radical em uma eleição: votar nulo!

Votei nulo em quase tudo, o motivo? Não achei candidato para a  maioria dos casos que julgasse aptos a ocupá-los. Simples né?

Acho que se cada "cidadão" procura-se me cada candidato o perfil ideal e prerrogativas suficientes para ocupar os cargos públicos em aberto (como se fôssemos empregadores a procura de um empregado para ocupar um cargo extremamente importante na nossa empresa), teríamos governates e representantes muito melhores! Sem dúvida!

As pessoas sabem se lamentar, pelos políticos que estão no poder, quando ele fazem algo ou deixam de fazer, mas ninguem cobra deles que os mesmo sigam as regras, tampouco se importam em saber realmente quem é a pessoa a qual eles votaram, ou seja, como você pode exigir algo agindo de forma tão displicente e desleixada...?

Isso só endoça a frase: "O povo tem os políticos que merece". Não sei quem escreveu essa preciosidade, mas é de uma sabedoria incontestável.

A grande maioria das pessoas, age como verdadeiras meretrizes ao vender seu direito de decidir (votar) por coisas mínimas e de valores irrelevantes.

Agora vou sair, mais tarde eu completo esse post.

Antes de sair, vai um cartoon em "Homenagem" as eleições (hehehe):



sexta-feira, 1 de outubro de 2010

FEB - a memória tem que permanecer!

O vídeo abaixo mostra o audio  dos pracinhas cantando o hino durante um forte bombardeio...

video

Como sempre, eu sou grande defensora da preservação da memória dos Pracinhas que deram suas vidas não só pelo Brasil, mas também pelo mundo, e que não foram apenas soldados em uma grande guerra, mas foram tropas que ajudaram a mudar a rota que o mundo estava tomando no século passado.
Isso, infelizmente, é pouco falado nas salas de aula do Brasil, e a presença canarinha da 2ª Guerra Mundial sequer é sabida por grande parte dos europeus (irônico e real!) e do restante da humanidade.
Fala-se muito em "povo guerreiro", "povo batalhador" e há quem admire o "patriotismo de Copa" do brasileiro, mas coisas que deveriam verdadeiramente nos orgulha simplesmente são ignoradas a tratadas como passagens históricas irrelevantes.
O vídeo acime É UM VERDADEIRO EXEMPLO DE HEROISMO, DE VERDADEIROS HERÓIS NACIONAIS QUE NÃO SÃO ACLAMADOS, LEMBRADOS E QUERIDOS.
No dia em que os brasileiro aprenderem o significado do trecho do nosso hino que diz o seguinte: "PAZ NO FUTURO E GLÓRIA NO PASSADO", seremos finalmente um país de gente guerreira, do contrário continuaremos essa mentira vagabunda que somos

TATTOO!!!! [2]

Completando o post anterior...

Não fui somente eu que caiu nas graças da arte na pele... Meu maridinho também marcou sua bela pele com duas tattoos muito legais.

A primeira delas é o ideograma do Jiu-Jitsu (igual ao meu), esta foi feita no mesmo dia em que fiz o cogumelo e o gato. O motivo para ter feito este desenho é o mesmo que o meu: jiu-jiteiro de coração! hehehe! Aliás eu é que imitei ele! hahahahaha!!! Ele tatuou o ideograma primeiro!

A segunda tattoo é um carpa subindo um rio junto com uma lótus roxa e rosa, essa tattoo simboliza obstáculos a serem vencidos e objetivos a serem alcançados.


Veja as fotos:

Ideograma do Jiu-Jitsu tatuado na parte interna do braço:




Da esquerda para a direita: 1ª sessão, 2ª sessão e 3ª sessão (final).

TATTOO!!!!

Ontem me empolguei tanto em escrever as novidades que aconteceram na minha vida neste quase 1 ano off do blog, que acabei esquecendo de falar mais uma das novidades legais que me ocorreram.

Pelo título do post já deve imaginar do que se trata... E é isso mesmo! hehehehe!

Fiz 3 tattoos!!!

Primeiro eu fiz duas (de uma vez só) e pouco tempo depois fiz mais uma!

Abaixo colocarei as fotos e o que as mesmas significam pra mim.

Gato numa lua estilizada - achei lindo o desenho (que peguei na internet) e como eu adoro gatos (e todos os outros animais), eis a oportunidade perfeita de homenageá-los.

 Red Mushroom - quem teve infância conhece esse cogumelinho ai! rs! Mas para quem não conhece, esse é o cogumelo vermelho que o Mario (Mario Bros) come e fica maior e mais forte. Também foi uma singela homenagem ao meu pai, pois eu e ele jogávamos durante horas a fio Super Mario Bros 3 no clássico Nitendinho (Action Set).
Por último (e mais recente), este é o ideograma que significa Jiu-Jitsu - traduzindo: "arte suave" ou "arte gentil" - a minha cara! hahahaha!

Quase Memória - Carlos Heitor Cony


No post "Fome de leitura", citei uma lista de livros que eu queria muito ler, algumas das obras citadas eu consegui ler, outras eu desisti nas primeiras páginas e algumas não tive a oportunidade ainda...

Dentre as obras da lista, estava o livro "QUASE MEMÓRIA - Carlos Heitor Cony", e eu tive a maravilhosa oportunidade de ler este tesouro.

Hoje o mencionado livro é sem sombra de dúvidas a minha obra literária favorita e é o primeiro livro que me vem a cabeça quando alguem me pede uma sugestão de leitura.

"Quase memória" é um livro único e quem tem a oportunidade em lê-lo não se arrepende. É daqueles livros que você lê em 2 dias! :D A leitura desta jóia nos remete a atmosferas diversificadas que vão da comédia ao saudosismo por parte de alguem que se foi. É simplesmente lindo e genial!

Deixando de falar do meu mais novo "livro favorito da vida inteira" (hehe), eu também tive a chance de ler "Leite Derramado", escrito pelo Chico Buarque. 

Foi uma tremenda burrice minha, emendar a leitura de "Leite Derramado" logo após ter lido "Quase memória". O segundo livro é infinitamente mais "o meu estilo" do que o primeiro. Resultado disso, é que não vi muita "graça" na obra do Chico...

Para tirar a prova dos 9, vou reler "Leite derramado", assim que zerar a minha estante com 5 novas obras para eu ler ("Noite Tropicais" de Nelson Motta, "A volta do parafuso" de Henry James, As melhores crônicas de Rachel de Queiroz, "Invictus" de John Carlin e "A chave de casa" de Tatiana Salem Levy).

Por fim, ainda sobre a lista, li "STARDUST" de Neil Gaiman e me encantei com o lindo conto de fantasia para adultos.

O que mais impressiona no clássico de Gaiman (além da estória fascinante) é toda a parte de ilustração da citada obra. Vale muito a pena ler e ver! As figuras são artes a parte; impossível de não serem apreciadas.

Por enquanto é só!

Qualquer hora posto um texto sobre o aconteceu com as outras obras da listinha... rs!

Beijocas!

Drácula - Bram Stoker

Certa vez postei aqui no blog um comentário acerca do livro Drácula. Ali eu narrei expectativas acerca da leitura a qual ainda não havia terminado.

Já terminei de ler esse clássico e confesso que A - D - O - R - E - I, mesmo não tendo curtido muito o final (morno e meio que "óbvio"), valeu muito a pena ler aquele tijolinho de linguagem rebuscada! hehe!

Como sempre, quando o livro é bom os personagens deixam saudades, e você fica se perguntando "Porquê o autor não fez uma continuação?". 

Confesso que até pensei em reler a obra só para "ver" novamente o "querido" Drácula e a impetuosa Mina...

Um belo dia, estou eu, passeando serelepemente numa enorme livraria e algo me chama a atenção.... 

Há! É um livro grosso, de capa preta com um morcego ilustrando-o, com o seguinte título: "DRÁCULA - o morto-vivo", tendo como um de seus autores DACRE STOKER. Pirei! Cara era a oportunidade mais próxima de ler algo que poderia ser considerada uma continuação do clássico de Bram Stoker!

Tudo perfeito: o mesmo vampiro, a mesma mocinha, os mesmo heróis e um escritor sobrinho-bisneto do mestre Stoker! 

Não vou entrar em detalhes sobre a obra de Dacre Stoker (não curto "spoiler"), mas confesso que prefiria não ter lido este livro.

Até uma boa parte do livro (quase no final) a estória estava indo bem mesmo alterando quase que por completo a obra original, só que de um determinado ponto em diante, eu simplesmente desisti de continuar a leitura....

Tô criando coragem para terminar de ler, assim que eu o fizer postarei meu comentário final, mas por enquanto, não gostei e não recomendo que o fans da obra original criem muitas expectativas acerca da estória.

Atualizando...

Como eu fiquei um tempããããão sem postar "lhufas" aqui, tenho muitas novidades, dentre elas, vou falar primeiramente da novidade principal! *-*

Essa gostosura da foto acima é o Floyd!!! Eis a principal novidade que tenho a compartilhar aqui. Ele é um adorável Pinscher de 9 meses, que adotei em fevereiro/2010 quando o mesmo tinha +ou- 1 mês e meio. Ele é uma "criança" maravilhosa, nenhum dia é solitário ao lado desse cara aí! hehe!

Bom, vamos às outras novidades...
Tem mais uma novidade, que considero importantíssima (não tanto quanto o Floyd): tô treinando Jiu-Jitsu (vide foto ao lado).
Não, não estou treinando com a Tina! hahahaha!! Apenas posei com a Tina para tirar um foto com o meu quimono novo. Qualquer dia tiro uma foto do treino lá no C.T. (Centro de treinamento). Aliás criei um blog para a equipe que treino; se quiser conhecer a equipe visite: www.gfteammarechal.blogspot.com 

Não me formei ainda (q m&§d@!), mas desse ano não passa!

Finalmente realizei um antigo sonho que tenho desde que me entendo por gente: estou fazendo um curso de desenho artístico!! Eeeeeeeeeee!!!! hahahahahaha! Pow... Quem me conhece deve estar se perguntando: "- Pra quê  você está fazendo curso de desenho se você já sabe desenhar?"; a resposta é simples: "-Ganhar técnica!". Infelizmente ainda não tirei foto dos desenhos, mas assim que eu tirar postarei os melhores desenhos aqui.

Uma boa notícia, é que acho que finalmente aprendi a lidar com a enorme saudade e ausência que ficou na minha vida com a partida da minha mãe. Hoje, consigo lembrar dela sem chorar (na maioria das vezes), ainda tenho minhas recaídas, mas nada que se compare ao meu estado de espírito no ano passado, na qual a cada dia 15 de cada mês eu reiniciava um luto que não terminava. Meu coração ainda se aflinge de saudade, mas a certeza de que um dia estarei com ela acalenta a minha alma. 

Bom, por enquanto é só, em breve postarei mais atualizações.... rs!



quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Ausência


Como sempre, eu crio um blog, juro no primeiro post que não deixar de postar nenhum dia sequer, e aí.....?
Eu fico quase um ano sem postar e volto aqui na maior "cara de pau"! hehehe!
Dessa vez, vou tentar não ficar mais de um mês sem postar nada...